Encontro de Educação do Selo UNICEF é promovido em Maués/AM

 

Evento capacita gestores e técnicos municipais do Médio Amazonas e Baixo Madeira para realizarem atividades do primeiro semestre de 2024

A Prefeitura de Maués, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Governo do Amazonas e a organização não-governamental Visão Mundial, promovem o Encontro de Educação do Selo UNICEF em Maués, nesta quarta-feira, dia 24/01. O evento tem por objetivo apoiar os municípios no avanço dos indicadores da infância e na melhoria da educação nos municípios.

A Prefeitura de Maués, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Governo do Amazonas e a organização não-governamental Visão Mundial, promovem o Encontro de Educação do Selo UNICEF em Maués, nesta quarta-feira, dia 24/01. O evento tem por objetivo apoiar os municípios no avanço dos indicadores da infância e na melhoria da educação nos municípios.

Entre os temas trabalhados durante o evento estão a realização da Busca Ativa Escolar (BAE) de crianças que estão fora da escola, a implementação dos Indicadores da Qualidade da Educação Infantil (INDIQUE) e as práticas de qualidade da educação infantil e ainda, apoio ao município no enfrentamento da cultura do fracasso escolar.

Participam do Encontro técnicos e gestores das equipes dos municípios de Maués e Boa Vista do Ramos. O evento tem como público-alvo o Coordenador Operacional da Busca Ativa Escolar; Mobilizador de Educação e/ou Articulador(a) do Selo UNICEF.

“A integração e parceria das Prefeituras são de fundamental importância para o fortalecimento e avanço das equipes do Selo UNICEF nos municípios. Nesse evento, estaremos juntos com gestores e técnicos municipais para lutar por uma educação de qualidade, principalmente com base nas atividades do Selo UNICEF previstas para serem entregues até junho de 2024, ”, explica Matheus Malta Rangel, oficial de Educação do UNICEF.

De acordo com a coordenadora pedagógica, Elimara Mendes, a Secretaria Municipal de Educação prioriza o Programa Busca Ativa Escolar (BAE) na identificação de crianças e adolescentes fora da escola. “O programa sustenta um sistema de apoio à aprendizagem, com acompanhamento e comunicação para atender necessidades, contribuindo para superar a exclusão e o fracasso escolar. Essa ação integrada fortalece a responsabilidade de todos por uma Educação de qualidade”, destacou o secretário.

Para Lucinete Bezerra, coordenadora de projetos da Visão Mundial, promover o Encontro de Educação do Selo UNICEF em Maués é uma oportunidade para alcançar e auxiliar o maior número de municípios nessa reta final da edição. “Agradecemos a parceria da Prefeitura de Maués que aceitou esse desafio e também acredita que esses espaços de trocas de experiências, debates e reflexões são primordiais para auxiliar as equipes de educação do Selo UNICEF, a fim de garantirem o acesso à educação de crianças e adolescentes”, finalizou Lucinete.

Exclusão – O Brasil vinha avançando, lentamente, no acesso de crianças e adolescentes à escola nos últimos anos. Mas a pandemia de covid-19 trouxe uma regressão de duas décadas. Em novembro de 2020, mais de 5 milhões de meninas e meninos não tiveram acesso à educação no Brasil de acordo com estudos lançados pelo UNICEF. A pesquisa indicou que quase 1,5 milhão de estudantes não frequentavam a escola (remota ou presencialmente) e outros 3,7 milhões que estavam matriculados, não tiveram acesso a atividades escolares e não conseguiram se manter aprendendo em casa.