Parceiros do Selo UNICEF realizam curso de prevenção à covid-19 no Território Amazônico

Parceiros oferecem cursos rápidos

Instituto Formação, Instituto Peabiru e Visão Mundial realizam cursos para prevenção e controle de infecções direcionados aos profissionais e estudantes que atuam em Unidades Básicas de Saúde (UBSs)

Por meio da parceria no Selo UNICEF, o Instituto Formação, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Escola de Saúde Pública do Maranhão (ESPMA) promovem no Maranhão o minicurso “Água, higiene e saneamento para prevenção e controle da covid-19”, voltado aos Agentes Comunitários de Saúde (ACSs). O objetivo é formar os ACSs em conceitos, normas, conteúdos e recomendações para atuarem nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), como multiplicadores da conscientização para prevenção e controle de infecções, incluindo a covid-19.

Antônio Carlos Cabral, especialista em Saúde e HIV do UNICEF Brasil, destaca que a capacitação tem uma metodologia desenvolvida pelo UNICEF para melhorar os serviços de água, saneamento e higiene nos espaços das unidades de saúde e, consequentemente, apoiar na prevenção e controle das infecções. “Os conteúdos programáticos apresentados no curso visam apoiar os profissionais no cotidiano de suas práticas nos espaços de saúde, buscando-se serviços mais efetivos e seguros para as crianças, os adolescentes e suas famílias no enfrentamento da covid-19. Desde o início da pandemia, o UNICEF tem apoiado crianças, adolescentes e suas famílias, prioritariamente as que vivem nas comunidades mais vulneráveis afetadas pelos impactos imediatos e secundários da pandemia, inclusive desenvolvendo competências de gestores e profissionais de saúde, educação e assistência social de diversos municípios da Amazônia Legal Brasileira”, afirma Antônio Carlos.

O curso é realizado em duas modalidades, de forma presencial que tem mobilizado e formado os ACSs dos municípios que fizeram adesão ao Selo UNICEF, a partir de todas as regiões do estado, alcançado até agora 1365 profissionais da Saúde. E com o objetivo de ampliar o acesso aos conteúdos, e em parceria com a Escola Pública de Saúde do Maranhão, o minicurso também é realizado no formato online. A meta é atingir mais de 3000 profissionais de saúde em todo o estado.

"É uma grata satisfação da Escola de Saúde Pública participar dessa parceria institucional com o UNICEF. Temos disponibilizado nossa plataforma virtual e a competência de nossos técnicos para o alcance dos indicadores do Selo UNICEF. Atualmente, o curso de Saneamento, Higiene e Prevenção da Infecção está complementarmente estruturado entre a Escola de Saúde Pública e o Instituto Formação. A intenção é atingirmos todos os agentes comunitários de saúde dos 216 municípios que aderiram ao Selo. Neste período de pandemia, as evidências científicas relacionadas aos efeitos indiretos da covid-19  têm um impacto decisivo na vida de crianças e adolescentes. Por essa razão, o Selo UNICEF tem uma grande importância para estimular nas gestões municipais o cuidado qualificado dessas populações, sobretudo, de crianças, gestantes, populações quilombolas, indígenas, ribeirinhas e aquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade em nosso estado", salienta Ana Lúcia Nunes, diretora da Escola de Saúde Pública do Estado do Maranhão.

A modalidade online acontecerá na plataforma da ESPMA, e para se inscrever no curso é preciso realizar uma inscrição prévia por meio dos mobilizadores do Selo UNICEF nos municípios ou no link disponível neste site, na aba de cursos de atualização. Além dos Agentes Comunitários de Saúde, tem participado Agentes Comunitários de Endemias, profissionais responsáveis pela merenda escolar e também equipes do Programa de Saúde na Escola.

 

“Nossa estratégia, por meio da parceria do Selo UNICEF, é oferecer um curso rápido que fortaleça o entendimento da importância da construção de hábitos de higiene, controle e prevenção de Infecções, para os profissionais de saúde com foco nos agentes comunitários, mas também para as pessoas que diretamente estão no âmbito do contexto municipal se relacionado em outras estruturas como as merendeiras, o motorista, o porteiro da escola. Contar com a mobilização dos municípios nesse momento tem sido a garantia para maior expansão desse conteúdo formativo para as pessoas”, explica Diane Pereira Sousa, diretora do Instituto Formação e articuladora social no Selo UNICEF.

Instituto Peabiru e Visão Mundial reabrem inscrições 

As inscrições para o curso rápido de “Prevenção e controle de infecções” foram reabertas. A oportunidade é destinada a profissionais e estudantes que atuam em unidades de saúde e demais interessados que não conseguiram participar das primeiras turmas de novembro. É a segunda vez que formações, em conjunto com instituições parceiras, são ofertadas gratuitamente pelo UNICEF, juntamente com o Instituto Peabiru e Visão Mundial.

Cláudio Melo, gerente de projetos do Instituto Peabiru, salienta que a parceria com o UNICEF e a Visão Mundial potencializa e fortalece a resposta à covid-19 por meio da qualificação profissional. “Além dos conteúdos abordados, os participantes conseguem tirar suas dúvidas durante o encontro. Há espaço para o diálogo, o debate, a troca de experiências. Eles gostam bastante”, declara o coordenador. O Instituto Peabiru é parceiro implementador do Selo UNICEF nos estados do Amapá, Mato Grosso, Pará e Tocantins.

Para alcançar mais pessoas, as instituições organizadoras contam com o apoio de outras entidades que se diversificam a depender do Estado de atuação, de modo especial as secretarias municipais de saúde, associações de municípios, Ministério Público, entre outros. “Nós preparamos uma estrutura que pudesse alcançar um grande número de pessoas, e para que possamos chegar até esses profissionais que estão na linha de frente, precisamos envolver outras organizações”, informa Maria Bezerra, coordenadora do Selo UNICEF na Visão Mundial. Tais parcerias ajudaram no alcance de um número recorde de inscrições. Em quase um mês de mobilização, foram quase 4000 interessados em participar do curso. A Visão Mundial é parceira implementadora do Selo UNICEF nos estados do Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia.

Para participar, é necessário preencher o formulário de inscrições disponível aqui. Haverá emissão de certificados para os participantes que concluírem a formação online que tem o total de duas horas e meia de duração.

O cronograma da reabertura dos cursos já está pronto. Pará, Amapá, Amazonas e Rondônia a capacitação será no dia 10 de dezembro. E  Tocantins, Mato Grosso, Roraima e Acre no dia 13 de dezembro. Nessas datas, as formações ocorrem no horário de Brasília, das 15h30 às 18h.

 

Curso do IPREDE

O curso rápido do UNICEF, Instituto Peabiru e Visão Mundial registrou quase 4000 inscrições em novembro de 2021. Uma delas foi do técnico de enfermagem Carlos Davi Silva. Ele atua em um posto de saúde da zona rural do município de Jordão, no Acre. Por estar em horário de serviço e pela internet ser precária no seu local de trabalho, Carlos não conseguiu acompanhar o curso no Google Meet. Mas ele não ficou sem os conhecimentos abordados. O profissional se inscreveu no curso EAD do UNICEF e do Instituto da Primeira Infância (IPREDE).

Disponível desde outubro de 2021, o curso EAD “Água, Saneamento e Promoção da Higiene nas unidades de saúde para prevenção e controle da covid-19”  é requisito obrigatório para os 2023 municípios que participam do Selo UNICEF Edição 2021 – 2024. A formação de 15h de carga horária aprofunda os conteúdos abordados nos cursos oferecidos pelos parceiros do Selo UNICEF e é uma excelente oportunidade para aprender mais sobre o cotidiano de uma unidade de saúde e as medidas preventivas para manter o espaço seguro. Mais detalhes aqui.

Sobre o Selo UNICEF

O Selo UNICEF é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira. Nesta edição, 2023 municípios aderiram e nos próximos anos desenvolverão uma série de ações para melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes. Mais informações podem ser encontradas no site do Selo UNICEF.