Começam, esta semana, as comemorações de 20 anos do Selo UNICEF. Trata-se da principal iniciativa do UNICEF no Brasil, voltada ao engajamento dos municípios do Semiárido e da Amazônia para a melhoria dos indicadores de infância e adolescência. Ao longo dos próximos meses, o aniversário será comemorado em diferentes municípios e eventos. O primeiro deles é o XXI Encontro Nacional do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas), entre os dias 7 a 9 de agosto, em Belém.

 

Durante o evento, o UNICEF contará com um estande em que os participantes poderão saber mais sobre o Selo UNICEF, tirar dúvidas e gravar depoimentos contando o que seus municípios estão fazendo pelos direitos de meninas e meninos. Haverá, também, falas sobre o Selo UNICEF na abertura do evento e em algumas mesas voltadas aos temas da infância e da adolescência.

 

Atualmente, mais de 1.900 municípios do Semiárido e Amazônia participam da atual edição do Selo UNICEF. Somente na Amazônia, mais de cinco mil adolescentes estão engajados e participando de dezenas de atividades realizadas nos municípios destas regiões. No Pará, 115 municípios aceitaram o convite para participar da iniciativa, iniciada em 2017 e que se encerrará em 2020, com o reconhecimento dos municípios que conseguirem obter os impactos reais e positivos na vida de suas crianças e adolescentes, medidos por indicadores e ações comprovadas.

 

Sobre o Selo UNICEF

Criado em 1999, o Selo UNICEF tem como objetivo acompanhar, dar apoio e reconhecer publicamente os esforços dos municípios na garantia dos direitos de meninas e meninos. Hoje, o Selo UNICEF está presente em 1.924 municípios, trabalhando ao lado da professora, do agente de saúde, da prefeita e de todo mundo que atua, diretamente, com as crianças e os adolescentes.

 

Cada ciclo do Selo UNICEF dura quatro anos, coincidindo com a gestão das prefeituras. O trabalho começa com a adesão do município. Ele se compromete a realizar uma série de ações para melhorar seus indicadores e reduzir as desigualdades.

 

A partir daí, organiza suas equipes e faz um diagnóstico da situação das crianças e dos adolescentes. Essa análise só está completa ao ouvir a sociedade. O município realiza um fórum comunitário e convida todos os cidadãos a participar. Desse encontro, sai um Plano de Ação, com atividades concretas, responsáveis, metas e prazos  tudo que uma boa gestão precisa. Planos prontos, é hora de realizar todas as ações e transformar a realidade local.

 

O UNICEF acompanha os municípios por todo o processo, oferecendo capacitações e suporte técnico. Ao final do processo, os municípios que alcançam as metas recebem o Selo UNICEF, sendo reconhecidos internacionalmente por seus resultados em prol das crianças e dos adolescentes.

 

XXI Encontro Nacional do Congemas

Datas: 7 a 9 de agosto de 2019 (8h às 18h)

Local:  Hangar Centro de Convenções da Amazônia

Endereço: Av. Doutor Freitas, s/n - Marco, Belém - PA