A cada semana o Selo UNICEF avança nos polos do 4º Ciclo de Capacitações, que aborda os Resultados Sistêmicos ligados à proteção de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência. Entre os tópicos estão os serviços integrados a crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência, promoção da igualdade racial, notificação de situações de violência e trabalho infantil, serviços de atendimento socioeducativo em meio aberto, entre outros.

Com o objetivo de esclarecer e aprofundar as formas para o cumprimento das ações ligadas ao eixo da proteção social, o Selo UNICEF iniciou o 4º Ciclo de Capacitação com o primeiro polo no Pará, em abril. Durante o mês de maio, os estados do Alagoas, Amazonas, Bahia, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Roraima, Sergipe e Tocantins também receberam a formação. 

Nos últimos dias 13 e 14 de maio a capital maranhense, São Luis, sediou o primeiro polo de capacitação no estado, com a presença de 101 representantes municipais de 39 cidades. Nos dias 14 e 15 de maio, Santarém (PA) recebeu 56 representantes de 13 municípios da região do Baixo Amazonas. Nesta semana também recebeu o 4º Ciclo o estado de Roraima, com a participação de 40 gestores municipais, de onze municípios, na capital Boa Vista (RR).

Na mesma semana, os municípios baianos e alagoanos receberem o 4º Ciclo de Capacitação. Nos polos de Arapiraca e Maceió, 47 municípios participaram da formação, que teve como destaque a discussão sobre medidas socioeducativas e racismo. Na Bahia, 106 municípios estiveram presentes nos cinco polos já realizados. O estado ainda receberá duas sessões de formação no polo Feira de Santana até o fim de maio.

Várias experiências exitosas e boas práticas de proteção social já foram compartilhadas entre municípios durante os encontros. Confira aqui a história do município de Itabaiana (SE) e do município de Pacatuba (SE), compartilhadas durante o 4º Ciclo em Sergipe.

Os estados do Acre, Amapá, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Norte e Rondônia recebem o 4º Ciclo em diferentes polos até o final de maio e durante o mês de junho.
 

Confira a agenda completa 

Amazônia 
23 e 24/05    Polo Imperatriz (MA)
27 e 28/05    Rio Branco (AC)
28 e 29/05    Macapá (AP)
03 e 04/06    Cuiabá (MT)
04 e 05/06    Polo Pinheiro (MA) 
10 e 11/06    Polo Caxias (MA)
a definir        Porto Velho (RO) 

Semiárido
23/05            Pombal (PB)
24/5              Patos (PB)
29 e 30/05    Feira de Santana (BA)
30/05            Sobral (CE)
03/06            Fortaleza (CE)
04 e 05/06    Natal (RN)
06/06            Juazeiro do Norte (CE)
06/06            Caicó (RN)
07/06            Portalegre (RN)
11/06            Araçuaí (MG)
13/06            Montes Claros (MG)

O Selo UNICEF
 
A Edição 2017-2020 do Selo UNICEF conta com a participação de mais de 1.900 municípios de 18 estados brasileiros, que assumiram junto ao UNICEF o compromisso de implementar políticas públicas para redução das desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
 
A experiência com as edições anteriores comprova que os municípios certificados com o Selo UNICEF avançam mais na melhoria dos indicadores sociais do que outros municípios de características socioeconômicas e demográficas semelhantes que não foram certificados ou participaram da iniciativa.
 
Mais informações sobre o Selo UNICEF em www.selounicef.org.br.    
 
Sobre o UNICEF – O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove os direitos e o bem-estar de cada criança em tudo o que faz. Com seus parceiros, trabalha em 190 países e territórios para transformar esse compromisso em ações concretas que beneficiem todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente seus esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas. Visite www.unicef.org.br.